Arquivos mensais: outubro 2011

O doce sabor da traição

Traímos e não traímos pelo mesmo motivo: nosso egoísmo sem limites. A única diferença é que uns precisam expandir seus domínios, suas posses, e outros se sacrificam contra sua própria essência na tentativa inócua de garantir que sua posse não será tocada. A libido, o desejo, as vontades, o tesão são comuns a todos. Algumas

Share

Alma Perdida

Os galhos das árvores machucam seu rosto já coberto pelas lágrimas vertidas na angústia da fuga. Caminha por entre elas com olhar amedrontado, procurando em cada movimento, em cada sussurro, a presença dele. O medo paralisa sua alma. Sente como se estivesse sem uma gota sequer de sangue em seu corpo. Suas mãos estão geladas.

Share

Felicismo

Acordei saindo fisicamente de uma tela. O quadro ficava pendurado na janela do quarto. A tela era pintada com tinta acrílica, basicamente com cor branca, preto e nuances de vermelho. Coisas estranhas acontecem em dias normais. Respondi o bom dia de minha mãe que passava pelo corredor. Ela parecia um vulto de tinta que flutuava

Share

Em busca de coragem

Uma neblina londrina cobre a capital paulista. É um frio dia do início de junho. São duas horas da manhã e ele caminha pela ciclovia da Marginal Pinheiros, sob a ponte estaiada. O belo monumento de concreto brilha estranho sob a atmosfera densa. Vergões coloridos cortam a paisagem. Pouco nítidos como raios laser em uma

Share