Arquivos mensais: abril 2012

Quando eu deixei de ser eu?

Aldo tem uma nova identidade. Não é a primeira vez. Aldo é um mutante. A razão é incerta. Na verdade, não existe uma só razão ou uma razão só para nenhuma de suas mudanças. Aldo abandonou seu nome. Clodoaldo no dia do nascimento. Aldo agora. Ele não sabe quando isso mudou. Não foi de caso

Share

Meu ciúme, Meu fracasso (ou Asfixiado pelos próprios pensamentos)

Calafrio. Medo. Desejo. Raiva. Excitação. Tesão. Ódio. Amor?     Doentio.   Meu ciúme, meu fracasso.   De onde vem essa doença que não cala? Essa constante lancinante que sufoca o cérebro, sabota o funcionamento dos outrora sadios neurônios e entorpece os sentidos.   Inferno.   Sentimento de posse. Errado na origem. Desde a maçã

Share