Arquivos mensais: janeiro 2017

Selva

Selva. Hostil. Gravidade de poder ímpar. Parece inexequível encontrar a saída. Conexão constante de sentimentos nunca análogos. Não há nexo, mas aqui assento-me. Presidiário voluntário. Bêbado entregue ao torpor da megalópole dominante. Todas as fichas. Ela vence. Sempre. Talvez. A cidade não para. A cidade só cresce. Grito vociferado por Chico poeta. Chico cientista. Todos

Share

Geração Rivotril ou Porque hoje sofremos mais

Rápido. Muito rápido. Na maior velocidade possível. Menos que isso e entramos em colapso. A Era da Informação é uma máscara bem fina. Tornamo-nos mesmo a Geração Rivotril na Era dos Depressão. Por quê? Talvez não haja tempo para explicar. Suscintamente: não temos tempo nem para ser felizes e nem para sofrer em paz. A

Share