Arquivos de: Hary Azevedo

Minha mente ferve e assume o comando de minhas resignadas e obedientes falanges… Assim surgem letras, palavras, umas palavras… Às vezes com sentido, às vezes sem, às vezes fantasia, às vezes realidade…

palavras@umaspalavras.com.br

Perfil no Facebook

Selva

Selva. Hostil. Gravidade de poder ímpar. Parece inexequível encontrar a saída. Conexão constante de sentimentos nunca análogos. Não há nexo, mas aqui assento-me. Presidiário voluntário. Bêbado entregue ao torpor da megalópole dominante. Todas as fichas. Ela vence. Sempre. Talvez. A cidade não para. A cidade só cresce. Grito vociferado por Chico poeta. Chico cientista. Todos

Share

Geração Rivotril ou Porque hoje sofremos mais

Rápido. Muito rápido. Na maior velocidade possível. Menos que isso e entramos em colapso. A Era da Informação é uma máscara bem fina. Tornamo-nos mesmo a Geração Rivotril na Era dos Depressão. Por quê? Talvez não haja tempo para explicar. Suscintamente: não temos tempo nem para ser felizes e nem para sofrer em paz. A

Share

Folhas secas

Folhas secas Não me sentei. Foi apenas contemplação. A natureza e sua complicada singeleza. Nossa pequenez e sua inventada complicação. Contraste. Somos esse tanto enorme de um monte de nada. Acreditamos que somos tudo. Se acreditamos, somos? E como somos. Cromossomos e só. Escritos fomos desde antes. Aquelas duas meia-células. Cada uma com metade de

Share

A música não muda o mundo

Paulo Freire disse que a educação não muda o mundo. Muda as pessoas que, essas sim, mudam o mundo! Não tenho certeza se posso dizer o mesmo da música; mesmo tendo muita vontade. Especialmente agora que eu, enfim, “procurei saber” e não descobri nada especial; aliás cai num buraco inimaginável de uma decepção irrecuperável, com

Share

Qualquer momento*

0 QUALQUER MOMENTO ANTERIOR AO MOMENTO PRESENTE 1 MOMENTO PRESENTE E APENAS O MOMENTO PRESENTE 2 TODOS OS OBJETOS APARENTEMENTE ÚNICOS DIRETAMENTE LIGADOS A VOCÊ NO 1 3 TODOS OS OBJETOS APARENTEMENTE ÚNICOS DIRETAMENTE LIGADOS A VOCÊ EM 0 QUE VOCÊ CONSIGA LEMBRAR NO 1 QUE SEJAM IDÊNTICOS A 2 4 TODOS OS CRITÉRIOS ATRAVÉS

Share

O amor cada vez mais distante

    

Share

Fantasia

Alegoria, fábula, mito, ilusão, quimera, utopia, devaneio, sonho, idealismo… O quanto da sua realidade é real? No sentido mais estrito da palavra? Nada, por seguro. Pode procurar suas ligações com o real, com o palpável, com o concreto, com o verdadeiro, o efetivo, o legítimo… Idealismo e legitimidade. Eis um curioso encontro. Quero acreditar no

Share

Todo amor me destrói

Todo amor me destrói Todo amor é espetacular. Atropela-se e se atropela tudo. Tudo. Todos.Todo amor peca por excesso, mas não há o que fazer se é um sentimento que é em si e por si mesmo inteiro, completo, absoluto. Não deveria existir. Ele exige o mais de quem ousa advogar em seu nome. De

Share

Ligando os pontos

Lembro dos autores românticos e seus personagens que amavam mas não eram correspondidos. Penso nesses pontos que vão se ligando por aí e frenética e descontroladamente se atando e desatando às mais diversas teias. De repente, dois pontos se conectam, mas cada ponto traz a sua própria teia repleta de outros pontos interconectados. Escolhe-se o

Share

Novos tempos sem você

Tanto tempo! E ao mesmo tempo tão pouco tempo. Foram anos de mudanças, de rompimentos, de viagens, de turbulências, de amores e desamores, de partos e repartires, de uma intensidade desafiadora. Sobrevivemos juntos. Agora você se foi. Entre cumplicidade e ausências, algum descaso e muito carinho, você sempre esteve lá, meu caro ser iluminador do

Share