Cantos e Contos

Eu não sei cantar
Eu não sei contar
Meu canto é poesia
De baixa categoria
Pois eu não sei cantar
Perdi a conta das vezes
Que tentei contar
Pois eu não sei contar

Vou contar sobre esses cantos
E lá no canto vou de novo cantar
Canto à lápis sobre uma folha
Conto linhas cheias de carvão
Mas na alma sinto o som
O som dessas linhas contadas
O som dessas linhas cantadas

A lágrima é música?
A lágrima é poesia?
Já não as conto mais
Mas as canto quando vêm
Contando um conto
                              de felicidade
Contando um conto
                              de dor
Cantar a felicidade
Cantar a dor

Canto e conto, conto o canto
Conto o conto, canto o canto
Em canteiros me deito
                              a cantar
Em canteiros me deito
                              a contar

Mas..

Eu não sei contar
Eu não sei cantar

Insisto!

Cantarei os contos mais
lindos que já me contaram
Cantarei os contos mais
tristes que já me contaram
E contarei os cantos mais
lindos que já me cantaram
Contarei os cantos mais
tristes que já me contaram

Em cantos
Em contos
Encontros
Encantos

Share

Comentários no Facebook

comentários no Facebook

6 Comentários

Deixe uma resposta

Seu email nunca é divulgado.Campos obrigatórios são marcados *