Um samba qualquer falando de amor…

Nunca foi a hora, não

D’eu te encontrar

Acabei fugindo

Tentando entender

 

Esse meu fracasso

Entre tantos outros

Só mais uma chance

Que desperdicei

 

Mas agora longe

Da realidade

Olho o horizonte

Vivendo essa dor

 

Deixo o coração à mostra para se findar

Mas a vida insiste em me manter aqui

Sigo nesse barco trôpego largado num mar

De tristeza infinita, solidão sem fim

 

Mas essa saudade

Do mundo real

Dia desses bate forte

E eu volto pro lar

 

Se o amor chegar

E eu não estiver

Deixa-me um recado

Pra quando eu voltar…

Share

Comentários no Facebook

comentários no Facebook

2 Comentários

Deixe uma resposta

Seu email nunca é divulgado.Campos obrigatórios são marcados *