Arquivos por Etiquetas: Pequenos Demônios

Todo amor me destrói

Todo amor me destrói Todo amor é espetacular. Atropela-se e se atropela tudo. Tudo. Todos.Todo amor peca por excesso, mas não há o que fazer se é um sentimento que é em si e por si mesmo inteiro, completo, absoluto. Não deveria existir. Ele exige o mais de quem ousa advogar em seu nome. De

Share

Sou

Sou barroco. Sou classicista. Sou modernista. Sou vintage. Sou velho. Sou criança. Sou retardado. Sou genial. Sou cristo. Sou deus. Sou ateu. Sou demônio. Sou condenado. Sou livre. Sou preso. Sou rock. Sou samba. Sou jazz. Sou funk. Sou praia. Sou morro. Sou asfalto. Sou rico. Sou miserável. Sou rato. Sou gato. Sou cachorro. Sou

Share

Todas as noites são iguais

Todas as noites são iguais. Que nada. Não pra ela. Nunca pra ela. Por mais que ela quisesse. Mas hoje vai ser diferente. Nunca tão ligada. Nunca tão ausente. A sensação de demônios fritos por um movimento tão simples. Aspiração. Pó. Inspiração. Euforia. Vingança. Todas as noites o ofício imaculado de suportar corpos suados sobre,

Share

Umas palavras…

Umas palavras vêm à mente às vezes… Muitas vezes, se vão… Às vezes se juntam; raro dar sentido. Raro não ignorar… Umas palavras às vezes teimam ficar. Às vezes… E quando teimam em dar sentido e não ser ignoradas, umas palavras assombram… calam fundo. Ou apenas precisam ser bradadas em rito de passagem… Às vezes,

Share